Artigo publicado pelo Jornal Notícias do dia em 11/09/09

Hoje sabemos, por estudos e experiências, que toda e qualquer reação do corpo corresponde a uma emoção ou comportamento, seja bom ou ruim. O nosso corpo físico nos “fala” constantemente de como estão nossas emoções

Sendo o ser humano tridimencional, temos de equilibrar mente, corpo e espírito. Precisamos cuidar bem de nosso corpo, precisamos ter uma atitude mental positiva em relação a nós mesmos e à nossa vida, e precisamos de uma forte ligação espiritual.
Quando estas três necessidades estão supridas, encontramos alegria na vida. Nenhum médico, nenhum terapeuta pode nos dar essa harmonia, a não ser que escolhamos participar de nosso próprio processo de evolução.

Não importa há quanto tempo temos padrões negativos de pensamentos, uma enfermidade ou um péssimo relacionamento, há quanto tempo sentimos falta de dinheiro ou raiva de nós mesmos. Podemos começar a mudar tudo isso hoje mesmo.

Os pensamentos que tivemos e as palavras que empregamos constantemente criaram nossa vida e as experiências que adquirimos até este instante. O que estamos escolhendo para pensar e dizer hoje, neste exato momento, criará o amanhã e o dia seguinte, depois a semana seguinte, o mês seguinte, o ano seguinte. Portanto, esteja em paz com teu passado, ou arruinarás teu presente.
Há pessoas com um quadro depressivo e, ainda assim, não perdem o humor, nem que queiram!. Tiveram a sorte de nascer com esse refinado instinto de sobrevivência. Amadurecer talvez seja descobrir que sofrer algumas perdas é inevitável. Sabiamente, Carlos Drumond de Andrade, escreveu: “A dor é inevitável. O sofrimento, opcional”.

Por isso é tão importante, por mais doloroso que seja, destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar outras. Não se acostume com o que não o faz feliz.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração, e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.

A vida é uma escola e você está aqui para aprender. Os problemas são lições que vem e vão. Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas; às vezes ganhamos e às vezes perdemos. O que você aprende é melhor investir nas necessidades presentes. Temos que lidar com o “aqui e agora”. “Sofremos demasiado pelo pouco que nos falta e alegramo-nos pouco pelo muito que temos…” (W. Shakespeare).

Comentários

Postado em: Sem categoria