Cada vez que alguém o ofende, o irrita ou o entristece emocionalmente, quer no seu ambiente de trabalho, familiar ou social, o universo está simplesmente lhe mostrando que há algo inacabado, mal resolvido, que está sendo trazido à tona para que você resolva, e que, neste momento, é hora de ir para dentro de si. Para trabalhar superações emocionais, amorosidade para consigo mesmo e para com os outros, isso nem sempre é fácil, claro e acessível ao nosso entendimento, sendo que a maioria das vezes, precisamos da ajuda de um amigo, orientador espiritual ou da ajuda de um terapeuta que oriente, e ajude a perceber os fatos por um ângulo que não se está conseguindo ver. Quando uma discussão vira disputa, todos os argumentos e confrontações são resultados de pessoas agindo com seu ser interior ferido, e não mais devido à discussão em questão, portanto, é preciso repensar.

Muitos sentimentos (traumas) deixam marcas profundas no subconsciente na forma de programações mentais, que mais tarde, em qualquer fase da vida causam sofrimento, sem que você entenda o porquê de determinados acontecimentos em sua vida. Sempre que uma emoção de magoa ou raiva for estimulada dentro de você por causa de como outra pessoa o está tratando, é porque a mágoa já estava dentro de você. Para sair desse desgaste, a decisão está dentro, e não fora de você. O caminho para dentro de si é o autoconhecimento, e o reconhecimento daquilo que precisa mudar. Uma vez descobertas as causas veja o fato traumático sob outro ponto de vista, apenas como uma experiência vivida.

Conhecer as emoções e os sentimentos, é um caminho único no universo de cada um. Para trabalhar as nossas deficiências emocionais, isso nem sempre é fácil, claro e acessível ao nosso entendimento. A dessensibilização do conteúdo traumatizante é possível. É possível libertar-se de comportamento inadequado, eliminando o auto bloqueio, programações mentais e emocionais e dissolver padrões negativos e torná-los positivos através da devida correção emocional e da ressignificação, fazendo com que a pessoa compreenda, com a visão e conhecimento que ela possui hoje, os fatos ocorridos há muitos anos e que a impede de ser feliz.

Aprender a se amar, a acreditar em si mesmo e a programar-se de forma positiva a sua mente é um processo de crescimento interior. O autoconhecimento é o caminho.

Artigo publicado no Jornal A Notícia em 24/02/2007.

Comentários

Postado em: Sem categoria